top of page

5 Dicas para currículos transgêneros e/ou não-binários

Atualizado: 14 de dez. de 2022

Sem mistério e sem segredo! É mais simples do que parece e neste texto você encontra dicas para potencializar o seu currículo e se destacar nos processos seletivos.



1º Nome Social


Se você tiver um #nomesocial, coloque ele no seu currículo, e principalmente no seu CPF e RG, fazer a #inclusãodonomesocial não é algo complexo e você pode fazer através do PoupaTempo e por email pela Receita Federal.


Para incluir o nome social no seu CPF, será solicitado um documento de inclusão de nome social (semelhante ao do RG), para você preencher e assinar, e vão pedir fotos do seu RG (se já tiver o nome social incluso nele melhor ainda). Envie tudo por email e eles te retornam por email com o seu CPF atualizado em PDF. Simples!


Este é o email que você envia o pedido, com foto do RG, e foto do seu RG aberto perto do seu rosto: atendimentorfb.08@rfb.gov.br


Isso é importante para que quando você seja contratado todos os seus benefícios venham com o seu nome correto, e caso qualquer instituição se recuse a usar o seu nome social, independente do motivo, é crime e você pode recorrer a justiça.



2º Pronomes


Coloque seus pronomes logo na frente ou abaixo do seu nome, esse é um recurso que a comunidade trans usa desde sempre, mas que recentemente o LinkedIn também trouxe essa ferramenta na plataforma dele, ou seja, é super válido você usar no seu currículo também.


Isso facilita para que as empresas entrem em contato com você e respeitem sua identidade desde o primeiro contato. Sem contar que tem vagas focadas para pessoas trans, então ter um currículo que demonstre isso vai te validar para esse tipo de vagas. #vagastrans #curriculotrans #pronomesneutros



3º Linguagem Neutra


Troque o pronome neutro por uma linguagem neutra no seu currículo, por exemplo, ao em vez de Graduande em Publicidade e Propaganda, troque por Cursando Graduação em Publicidade e Propaganda ou então Bacharel em Publicidade e Propaganda. Dessa forma o seu currículo fica neutro, mais profissional e sem erros ortográficos.



4º Empresas com Diversidade e Inclusão


Busque por empresas que prezem e apliquem Diversidade e Inclusão na sua cultura e em seus valores! Um bom jeito de você descobrir se a empresa é inclusiva é dando uma de stalker e investigando mesmo! #empresainclusiva #diversidadeeinclusaonasempresas #diversidadeeinclusao


Veja o site da empresa, dá uma olhada no LinkedIn dela e das pessoas que trabalham nela, vendo quem são essas pessoas e quais cargos elas ocupam, ver se ela tem ações em prol da nossa comunidade e principalmente CHECK O Reclame Aqui! Pesquise no Reclame Aqui se essa empresa já recebeu alguma denuncia por LGBTfobia e quando foi isso, se for algo recente já levanta a bandeirinha vermelha, porque pode não ser um bom lugar pra você.



5º Vagas focadas no público Trans


Siga e fique de olho no instagram da @TransEmpregos que por lá tá cheio de vagas focadas pra pessoas trans, e acompanhe também o instagram da @Casa1 que por lá está cheio de cursos profissionalizantes gratuitos para o público LGBT+. #transempregos #casa1



Melhor dica de todas para o seu currículo!


Eu espero que todas essas dicas te ajudem a construir um currículo profissional e rico. E para finalizar com a melhor dica de todas: Faça um currículo personalizado! Com ele você consegue mais destaque durante o processo seletivo, organiza melhor suas informações, adiciona links de maneira criativa, e suas chances de ser chamado para entrevistas aumentam drasticamente.


Está em dúvida sobre o conteúdo do seu currículo?

Pode me enviar que faço uma análise gratuita do seu currículo todo! #vamoquevamo

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um currículo pode ser colorido?

O medo de criar um documento tão importante de forma errada é muito comum no mercado de trabalho, principalmente quando este pode nos abrir portas. O receio faz com que você seja mais cauteloso ao faz

O que escrever no objetivo do currículo?

Essa informação é muito importante e essencial, porém, muitas vezes, é redigida de maneira incorreta e até excluída do currículo, por julgarem ser desnecessária. É comum as pessoas acharem que através

Comments


bottom of page