top of page

O que colocar no currículo? 10 sessões para o seu currículo

Atualizado: 26 de ago. de 2022

Acompanhe este passo a passo para criar um currículo assertivo com as informações necessárias para conquistar a vaga dos sonhos.


O primeiro currículo vem acompanhado de muitas dúvidas e incertezas; Isso porque raramente nos ensinam a como construir um bom currículo com as informações e experiências que temos da nossa trajetória.


Sempre imaginamos o currículo ideal e como ele deve ser robusto e completo, e consequentemente, você não se vê nele, pois para quem está começando, o simples e assertivo valem mais!


Modelo Google Docs


O Google sempre acertando em criar ferramentas que facilitam a nossa vida; Desenvolveu um modelo simples e gratuito de Currículo, onde basta preencher cada categoria com as suas informações e/ou excluir/substituir aquelas que você não possui. Por exemplo, se não tiver Experiência Profissional, talvez seja bacana substituir essa categoria por Habilidades. #modelogoogledocs


Clique aqui para ser redirecionado para o modelo de currículo. Primeiro preencha com suas informações e depois edite o modelo. Caso não tenha uma conta do google, basta criar uma gratuitamente.


1º Informações de contato


Adicionar as suas próprias informações de contato faz com que seja mais fácil para um potencial empregador entrar em contato com você.

  • Nome completo

  • Data de Nascimento

  • Número de telefone

  • Email

  • Endereço


2º Objetivo Profissional


O que colocar no objetivo profissional?

Pode parecer óbvio, mas o ideal é que você seja o mais objetivo possível. Por exemplo:


• Oportunidade de estágio na área de comunicação.

• Primeira experiência profissional.

• Assistente de Produção Audiovisual.

• Analista em Gestão Financeira.

• Designer de Produto Senior.


O #objetivoprofissional é a primeira sessão que vem logo após seus Contatos. É muito importante que ele diga o que você deseja com este currículo, e é ele quem direciona todas as informações seguintes.


Suponha que o seu objetivo seja Analista em Gestão Financeira, as suas experiências e formações acadêmicas devem seguir este objetivo, por exemplo, se você tiver 3 experiências e 1 delas for de cabeleireiro, com certeza, não está alinhada ao objetivo e pode ser retirada, compreende?


Mantenha o foco no que você busca naquele momento, crie um objetivo alinhado a suas metas profissionais e vamo que vamo! #nãoencherlinguiça


3º Sobre


Essa categoria não é obrigatória, mas este é o melhor momento para falar sobre você! Mas, atenção! Tente não colocar informações que fujam do seu objetivo profissional ou que passem uma má impressão. A intenção é que o empregador conheça um pouco mais sobre você e veja valor profissional. E como faremos isto?


Qualidades X Utilidade Profissional


No breve resumo sobre você, deve-se ressaltar suas qualidades atrelando a sua utilidade profissional.


Todos temos inúmeras qualidades, mas será que todas são úteis no ambiente de trabalho?

Por exemplo, suponha que você é um ótimo escritor e tem facilidade em criar poemas, com certeza está é uma qualidade, mas se você está em busca de uma vaga como atendente, ou na área administrativa, ou financeira, provavelmente estas qualidades não o enaltecem como profissional.


Procure por qualidades que validem as exigências do cargo que procura. Seguindo os exemplos acima, habilidades como, boa comunicação, organizado ao realizar tarefas e facilidade com números e cálculos, podem ser melhores para se colocar na sua descrição, se estas forem de fato suas qualidades. É muito importante que seja verdadeiro em seu currículo, evite colocar informações falsas ou que não representem quem você é.


No todo, busque dizer quem você é e quais são suas motivações em trabalhar em determinada área citando suas qualidades e mostrando que você seria perfeito para aquela vaga! #acrediteemvoce #sobrecurriculo


4º Formação Acadêmica


Enriquecer a sua educação é sempre a melhor estratégia para conquistar um emprego e crescer profissionalmente, portanto, por mais que você esteja no início, não se contente apenas com o ensino médio completo e aquele cursinho intermediário de inglês, viu?


1. Analise as vagas para as quais vai concorrer.

2. Veja quais são as habilidades que eles procuram em um profissional.

3. Faça cursos que estejam atrelados às competências daquela vaga.

4. Certifique-se de que os cursos escolhidos estejam alinhados ao seu Objetivo Profissional.


É comum no início não ter condições de investir em cursos, mas busque por instituições de ensino que ofereçam valores acessíveis e cursos gratuitos, a maioria é online, e tem para diversas áreas e muitos com certificado, por exemplo:


• Fundação Bradesco • KULTIVI • Coursera • Portal IDEA • Domestika • SENAR Educação a Distância • E-aulas USP • E-Unicamp • Prominas Social • NUBE • Sebrae • Alfacon • Udacity • FGV • Rock University • Prime Cursos • UNESP Aberta • IETEC • Digital Innovation One • Unieducar • Cruzeiro do Sul Virtual • Centro Universitário São Camilo • Albert Einstein • Code IOT • Cursos IPED • SENAI/SESI


Pois é, não é apenas de faculdades caras que se faz um bom profissional. E tudo que for "ensino", entra na categoria #FormaçãoAcadêmica. Lembre-se de preencher suas formações acadêmicas com:


• Nome da instituição de ensino.

• Grau. (graduação, tecnólogo, curso...)

• Nome do curso.

• Período com datas, ou carga horária se o curso for breve.


5º Experiência Profissional


Muitos acreditam que as únicas experiências que valem no currículo são aquelas que tem carteira assinada, e isto não é verdade. Se você teve uma experiência profissional, por mais curta e simples que seja, é válido colocar no seu currículo, desde que seja relevante para o seu objetivo profissional.


O trabalho informal é por onde muitos começam, e é ele quem dá base e paga muitos boletos então vamos reconhecer sua importância e o seu esforço em exercê-lo!


Se foi em uma quitanda, mercadinho ou como recepcionista de uma pequena empresa, o que importa é colocar essa experiência evidenciando suas funções e tarefas no período em que atuou. Se foi autônomo vendendo doces, pães, eletrônicos e etc, também é importante falar sobre sua capacidade vendas e comunicação, assim como gestão de tempo e gestão financeira, afinal, todo autônomo é um pequeno empreendedor.


Lembre-se de preencher suas #experienciasprofissionais com:


• Nome da instituição ou Autônomo/Freelancer.

• Cargo ou Autônomo/Freelancer.

• Breve descrição de suas responsabilidades. (organizar em tópicos é uma boa alternativa)

• Período com datas.


6º Prêmios e Conquistas


Essa categoria não é obrigatória, mas Méritos valorizam muito um profissional e muitas vezes o colocam em posição de especialista em determinada área ou assunto. E podem ir tanto de "A melhor aluna da sala eleita Representante do semestre" até "Bicampeão de metas batidas no setor de vendas".


#PrêmioseConquistas é tudo aquilo em que você se destacou e foi reconhecido durante a sua trajetória de vida. Pode ser no meio profissional, acadêmico, voluntariado...etc. O importante é que este mérito esteja alinhado ao seu objetivo profissional e te valorize durante o processo seletivo da área ou da vaga que busca.


Lembre-se de preencher seus méritos com:


• Nome da instituição em que foi reconhecido.

• Nome do prêmio ou mérito. (graduação, tecnólogo, curso...)

• Breve descrição do feito. (não é obrigatório, varia a depender da situação)

• Período com datas.


7º Habilidades


Essa categoria não é obrigatória, mas se optar por colocar, inclua aptidões tecnológicas ou as ferramentas com as quais sabe trabalhar. É importante também colocar o seu nível de conhecimento em cada uma dessas ferramentas, como por exemplo:


• Photoshop - Avançado

• Pacote Office - Intermediário

• Power Point - Especialista

• 70% - Illustrator

• 20% - Figma

• Google Ads - Iniciante

• Canvas - Básico


#Habilidadesprofissionais são um ótimo diferencial no seu currículo também.


8º Voluntariado


Essa categoria não é obrigatória.

Toda ação em benefício do outro, feita de forma gratuita, se enquadra como ação voluntária.


• Arrecadação de fundos para uma instituição ou evento de caridade.

• Montagem e entrega de cestas básicas.

• Organização e gestão de eventos em instituições religiosas.

• Distribuição de alimentos.

• Doação de roupas e alimentos.

• Doação de sangue.

• Exercer o seu trabalho de maneira gratuita para uma instituição.

• Auxilio a pessoas em situação de rua.

• Auxilio à animais em situação de rua.


Você pode exercer esse trabalho em grupo, para uma instituição, individualmente, ou para a sua comunidade, o que importa mesmo é fazer ações sociais e lutar pelos menos favorecidos. Isso constrói uma sociedade mais humana e saudável e também mostra que você é um profissional que se preocupa com os outros e com a sua comunidade, o que vale muito mais do que a famosa frase "Trabalho bem em grupo". #ficaadica #VoluntariadonoCurriculo


Lembre-se de preencher seu voluntariado com:


• Nome da instituição, se tiver.

• Breve descrição da ação realizada e qual o seu papel nela.

• Período com datas.


9º Projetos


Essa categoria não é obrigatória, mas sabe aqueles projetos que você fez nos cursos e na faculdade? Então, eles são ótimos para avaliar a sua capacidade e competência diante de uma vaga.


Lembre-se de preencher seus #projetosnocurriculo com:


• Nome da instituição.

• Nome do Projeto

• Objetivo e breve descrição do projeto.

• Período com datas.


Projetos feitos individualmente e sem a tutela de uma instituição também são válidos, se estiverem de acordo com o seu objetivo profissional e competências exigidas pela área ou cargo que almeja.


10º Portfólio


Aqui, o ideal é que tenha um site ou link direcionando para a sua página de portfólio. Este é um recurso muito utilizado por profissionais da área de comunicação, e serve como aliado para promover o profissional e mostrar seu nível de experiência e competência.


E você deve estar pensando "Como vou ter um portfólio se não tenho experiência?" e é aí que você se engana meu caro! Você não precisa que uma empresa ou cliente delegue um trabalho para que você mesmo o faça!


Eu lhes apresento o: Projeto Fantasma!


Resumidamente é criar projetos sem um cliente real por trás, por exemplo, se você é fotógrafo pode ter um portfólio no Instagram com um projeto fantasma "As cores da noite" e fotografar a cidade que mora a noite criando uma narrativa com conceito e paleta de cores. Você mostra o seu trabalho e ainda adquire experiência, bem bacana, não é? Se quer trabalhar com moda e stylist, você pode criar um projeto fantasma "Caça ao tesouro" e sair pelos brechós da sua cidade montando looks inusitados e baratos, imagine que video divertido e criativo este projeto seria?


O melhor de fazer um projeto fantasma é a liberdade de explorar e criar suas próprias ideias, e dessa forma mostrar de maneira genuína e verdadeira que tipo de profissional você é e como você enxerga o mundo. #projetofantasma #portfolio


Melhor dica de todas para o seu currículo!


Eu espero que todas essas dicas te ajudem a construir um currículo profissional e rico. E para finalizar com a melhor dica de todas: Faça um currículo personalizado! Com ele você consegue mais destaque durante o processo seletivo, organiza melhor suas informações, adiciona links de maneira criativa, e suas chances de ser chamado para entrevistas aumentam drasticamente.

65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Um currículo pode ser colorido?

O medo de criar um documento tão importante de forma errada é muito comum no mercado de trabalho, principalmente quando este pode nos abrir portas. O receio faz com que você seja mais cauteloso ao faz

5 Dicas para currículos transgêneros e/ou não-binários

Sem mistério e sem segredo! É mais simples do que parece e neste texto você encontra dicas para potencializar o seu currículo e se destacar nos processos seletivos. 1º Nome Social Se você tiver um #no

O que escrever no objetivo do currículo?

Essa informação é muito importante e essencial, porém, muitas vezes, é redigida de maneira incorreta e até excluída do currículo, por julgarem ser desnecessária. É comum as pessoas acharem que através

Comments


bottom of page